Olá, pessoal,
Antes da dica de hoje, quero dizer a vocês que o espetáculo ‘Amor em Tempos de Seca’ é simplesmente encantador. Os atores são incríveis e a peça é maravilhosa,  tem um enredo muito bom. Infelizmente, o grupo Teatro Baixo não está mais em cartaz com a peça, mas assim que voltarem, eu aviso. 😉
Agora vamos a dica de hoje. Como vocês já devem ter reparado, eu gosto de curtir a vida, de me aventurar. E, ontem, minha sogra me chamou pra ir ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Teresópolis. E, claro, topei na hora. Além de não conhecer o parque, amo estar em contato com a natureza.

O dia estava lindo, com o céu bem azul. Perfeito para um passeio. Quando chegamos ao parque, pagamos R$14 (por pessoa) +R$10 (pro estacionamento). Parece caro, mas não é. Você tem direito a circular pelo parque, fazer quantas trilhas quiser. Ah, ele conta com três sedes, você pode acessá-lo por Teresópolis, Petrópolis ou Guapimirim. Eu fui na de Teresópolis e fiz duas trilhas, a Cartão Postal, que todos me indicaram por causa da vista, e a Suspensa. 

A trilha Cartão Postal é moderada, não indico pra quem tem problemas no joelho, pois você sobe muito e na hora de descer, força bastante. Ela possuí 1.600m de extensão. Levamos cerca de duas horas pra subir e descer. 
A Trilha Suspensa é muuito tranquila, ela é leve. O mais legal é que a trilha possui piso de madeira e corrimão, permitindo acesso até a cadeirantes. Ela só tem uma escadaria que pode não te agradar muito, mas é bem tranquila. Mesmo! Ah, ela tem 1.300m de extensão, mas você nem sente.
O parque é um dos melhores locais do país para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada, rapel e outros; além de ter fantásticas cachoeiras. O Parque tem a maior rede de trilhas do Brasil. São mais de 200 quilômetros de trilhas em todos os níveis de dificuldade: desde a trilha suspensa, acessível até a cadeirantes, até a pesada Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 Km de subidas e descidas pela parte alta das montanhas.
Depois de renovar as energias, fomos dar um passeio na cidade. Almoçamos no Shopping e, claro, demos uma volta na Feirarte, que conta com roupas, acessórios, artesanatos e peças para decorar a casa. Também indico passar por lá! 
Espero que aproveitem a dica de hoje!

Nota da May: Já fiz um post sobre o parque, é antigo, mas é esse aqui. 
Beijos,

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

Os comentários estão fechados.