Assim que o Instagram foi comprado pelo Facebook muito se especulou sobre como o Marquinho – aka Mark Zuckerberg – iria conduzir a rede social. Todas as alterações foram bem discretas e até a publicidade foi ‘bem aceita’, até essa semana e mais precisamente hoje. 
Acontece que o feed da rede social sofrerá algumas alterações a partir de amanhã, 29, e os usuários começaram a reclamar e a pedir que os seus seguidores ativassem as notificações de postagem (recurso que já existe há algum tempo). 
Antes o feed se apresentava por ordem cronológica, ou seja, todo mundo que você seguia aparecia para você igualmente por ordem de data e horário de postagem. Com a atualização as postagem aparecerão por relevância, ou seja, se você curte muito um perfil, comenta, enfim… há engajamento ele aparecerá pra você primeiro e depois os demais perfis (algo parecido com o que já acontece no facebook). 
Mais cedo, dei uma nota resumida no instagram e avisei que se caso alguém não quisesse perder fotos minhas ou de outra pessoa era só ativar as notificações. E aí que entramos em outro problema: imagina as notificações intermináveis se ativarmos as notificações de todos os perfis que curtimos? UI. 

A justificativa do Instagram é de que, com o crescimento no número de perfis e posts na rede social e o total de contas seguidas pelo usuário, uma quantidade gigantesca de publicações passaram a não ser vistas. Um usuário consegue ver em média apenas 30% das publicações do feed. (TechTudo – http://goo.gl/Bd7iGm

Resumindo todo o burburinho em um comunicado oficial do instagram:
“Para aprimorar a sua experiência, nos próximos meses o seu feed será organizado para mostrar os momentos que acreditamos ser os mais importantes para você em primeiro lugar.  Importante ressaltar que todas as publicações das pessoas que você segue estarão lá, apenas em uma ordem diferente.”
Mesmo com todas essas explicações até abaixo-assinado contra a atualização está rolando. E aí, será que fica ou cai? Aguardaremos. 
Beijos,

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

Os comentários estão fechados.