Eu entendo que no nosso país quente e úmido em que a maioria das pessoas tem pele oleosa adicionar mais ‘brilho’ pode ser considerado loucura. Hoje vim te convencer a usar iluminador seja qual for o seu tipo de pele que bem aplicado nos lugares certos te deixa com aquela pele de rycah herdeira que nunca viu um RioCard na vida. hahahha

1. Encontre o tom certo – existe iluminadores mais rosados, mais amarelados e em outros subtons, encontre o tom que mais se adeque a sua pele. Geralmente em peles claras, os rosados ficam melhores e em mais escuras o amarelados, já nas peles intermediárias os dois tipos costumam funcionar.

2. Encontre a textura certa – existem iluminadores em pó, em creme, em gel, enfim, encontre a textura que mais fique harmoniosa na sua pele. Geralmente, pessoas de pele oleosa vão se sentir mais confortável com a textura em pó.

3. Ilumine onde quer projetar – tudo que é claro projeta, tudo que é escuro aprofunda. Os lugares mais estratégicos para aplicar iluminador são nas têmporas, dorso do nariz, arco da boca e queixo (se o seu for pequeno).

4. Cheque sua conta bancária, depois disso – vai, amiga, confere! Tenho certeza que você ficou mais rica. hahahaha

Tem resenha de três iluminadores aqui no blog aqui, aqui e aqui.

Beijos,

 

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

Os comentários estão fechados.