por aí

Ei, você carioca ou não que está no Rio de Janeiro para curtir o carnaval, esse post é para você! Baixei dois dos aplicativos mais completos e com menos bugs sobre os blocos do Rio de Janeiro e divido minha experiência com vocês.
Para começar tomem muito cuidado com pessoas mal intencionadas, evitem ‘mostrar’ muito seus pertences, vá com roupas leves e que guardem bem seus pertences, evitem mochilas e principalmente beba muita água porque o calor não está sendo fácil.

O aplicativo Carnaval O Globo é o aplicativo do Jornal O Globo e também o oficial do Carnaval do #errejota.rs Ele é bem completo. Tem tanto informações sobre o Carnaval de rua, quanto informações sobre as escolas que desfilarão na Sapucaí. Além de reunir notícias sobre o Carnaval, você pode saber (se conectar a conta do seu facebook) em quais blocos seus amigos marcaram na ‘Minha Agenda’, que é outro recurso do app, que tem a função obvia, rs, de agendar os blocos que você pretende ir. 
Você também pode buscar os blocos por nome, data, bairro ou localização via mapa. Tem propaganda dos patrocinadores do Carnaval, mas tem a opção de fechá-la. No inicio é um pouco lento, mas depois vai. rs 


No aplicativo “Carnaval RJ 2015” é tudo muito mais simples. Você pode encontrar o bloco que deseja pelo nome, data ou bairro. Também está ativo a opção de localizar os blocos mais próximos do local que você esteja. Não deu bugs e me pareceu bem completo, dando todas as informações de ruas que o bloco passará, por exemplo. Tem propagandas. Não informa sobre o Carnaval da Sapucaí e nem se conecta com o facebook ou outra rede social. 


Uma dica valiosa: Se for usar o metrô e não tiver RioCard (vale transporte carioca), compre na ida o bilhete da sua volta ou quantos serão necessários para aquele dia. A fila que se forma é SURREAL, e além disso as bilheterias costumam fechar depois de determinada hora. 
Divirtam-se, mas com responsabilidade. 
p.s.:O blog não entrará em recesso. Teremos post todos os dias – de segunda a sexta – como sempre. 
Até segunda. 
beijos,

Não sou nenhuma amante de praia. Tenho uma agoniazinha de areia, sal no corpo e de torrar no sol. rs Mas, as vezes a gente deixa essa frescura de lado e vamos a la playa. hahahha

Não carrego o mundo para praia – milagre – e um dos itens pode até ser dispensando. rs 

1. Chapéu – Não gosto muito de chapeu, apesar de achar rycoh! Mas, como o objetivo é proteger a pele do rosto, aguento um pouco usá-lo.
2. Óculos de sol – A gente não vive separado, graças a minha fotofobia. Se eu sair na claridade sem óculos, não enxergo um palmo na minha frente, fora a dor de cabeça horrorosa que eu tenho. 
3. Protetor solar facial – Esse é o da Vichy e é um dos meus favoritos. Tem fps 50, é sequinho e nada melequento. 
4. Protetor solar corporal – Outro favorito da vida, não gruda areia!!! Não é amor? Eu costumo usar o de fps 30.
5. Água termal – Completamente dispensável, mas uma frescurinha que é uma delicia pra pele mais irritada com o calor. Refresca, acalma e hidrata.
6. Protetor solar para cabelos – Sim, sou a louca do protetor. hahaha Esse é da Acquaflora. Comprei no fim do ano e até agora só usei em piscinas. Assim que usar no mar, conto minha experiência aqui.
7. Protetor labial – Esse tem fps 10, é a base de água e hidrata ok. 
8. Pente – Sempre levo um pente, a maresia ACABA com o meu cabelo, vira uma cola louca. hahahha 
Acrescentaria aí uma toalha para as mãos e um prendedor de cabelos (prefiro aqueles que parece uma mola). 
Não levo livro e nem fones porque gosto de interagir e tenho pavor de sujar livros. hahahhaha
beijos e vamos curtir o inferno verão!



Vejo muitas pessoas sempre reclamando da falta de opção cultural em Nova Iguaçu, mas também vejo poucas pessoas procurando sobre.
A Marcelle já postou muitas dicas aqui no blog não só de Nova Iguaçu, mas como da Baixada Fluminense como um todo. Não chegamos nem perto do Rio de Janeiro nas opções de vida cultural, mas se a gente procurar, achamos. 
O Sesc é um bom exemplo de local que apresenta – com um certa frequência – boas opções de shows, exposições e espetáculos teatrais. 
Se você é sócio ou estudante, os preços melhoram e muito, mas se não se encaixa em nenhuma das duas categorias os preços continuam acessíveis. A unidade ainda conta com programações gratuitas. 
Para saber sobre a programação do espaço é só ficar de olho no site do espaço, aqui: http://www.sescrio.org.br/programacao/sesc-nova-iguacu

Já assisti shows maravilhosos e peças incríveis sem precisar sair da cidade. Vale a pena!



Já fui milhares de vezes a Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro, mas nunca tinha ido especificamente ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos que fica lá. Como achei o lugar bacana para um passeio, resolvi compartilhar no Off Topic com vocês.

O Parque tem várias opções de trilhas e cachoeiras, tudo muito organizado com segurança interna e placas de sinalização.

No dia em que fui fizemos um pic-nic e completamos a trilha suspensa do Parque. Eu, que sou zero esporte/natureza e afins, achei bem bacana.



Pesquisei um pouco sobre o local antes de fazer o post e achei a descrição abaixo no site do parque:


É um dos melhores locais do país para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada, rapel e outros; além de ter fantásticas cachoeiras. O Parque tem a maior rede de trilhas do Brasil. São mais de 130 quilômetros de trilhas em todos os níveis de dificuldade: desde a trilha suspensa, acessível até a cadeirantes, até a pesada Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 Km de subidas e descidas pela parte alta das montanhas.
Entre as escaladas destacam-se o Dedo de Deus, considerado o marco inicial da escalada no país, e a Agulha do Diabo, escolhida uma das 15 melhores escaladas em rocha do mundo.
Foi criado em 1939 para proteger a excepcional paisagem e a biodiversidade deste trecho da Serra do Mar na Região Serrana do Rio de Janeiro. São 20.024 hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim.
O Parque abriga mais de 2.800 espécies de plantas catalogadas pela ciência, 462 espécies de aves, 105 de mamíferos, 103 de anfíbios e 83 de répteis, incluindo 130 animais ameaçados de extinção e muitas espécies endêmicas (que só ocorrem neste local).

Para entrar no Parque é cobrado R$12,50 por pessoa (não moradora da região) e R$5,00 por carro. 

PARQUE NACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS
Av. Rotariana, s/n Teresópolis-RJ.
Telefones: Administração: (21) 2152.1100; Fax: (21) 2152.1103; Portaria: (21) 2642.4072 / (21) 2152.1111

————————————————————————————————————

Não tenho nenhuma maquiagem para mostrar, gente. Eu não aguento mais esses dias de sol sem uma nuvem, uma sombrinha, um dia nublado lindo de se vê. hahahha
Sabado eu fui ao shopping e parece que todo mundo teve a mesma ideia. 
Foi tipo isso:
Tirando o aperto e o calor humano eu acabei comprando o Bio-oil. Pra quem não conhece, o produto promete mil e uma funções, entre elas diminuir a aparência de estrias e previni-las. Vou começar a testar pra fazer uma resenha esperta. rs
Outra marca que conheci com as mãos foi a That Girl. Não tirei foto da gondola e nem comprei nenhum produto pra testar, acreditam? O calor derreteu meu cérebro, só pode. 
Mesmo sendo relapsa, achei que apesar da marca não vender maquiagem, a estética das embalagens e até mesmo a proposta da That Girl muito parecida com a marca californiana Benefit. Link pro site, aqui.

Sexta e domingo se resumiram a comer e quero mostrar foto tosca pra encher o post. hahaha Parece que não como vegetais, verduras e frutas, mas eu como, viu? 

palhaçadas malsucedidas com hambúrguer mode on
————————————————————————————————————

Antes de mais nada, alguém me diz como se sobrevive ao calor de 44° que faz em Nova Iguaçu? Se o Rio é 40°, Nova Iguaçu é 44°. Alô, compositores… já podem fazer uma música!

Quinta fui a um aniversário e tentei manter o máximo de dignidade que o calor me permitia. Usei a base mais seca que eu tenho e tudo que poderia me manter bem.

Lembrei de tirar foto, mas só deu pra ser de celular. hihhi Todos os produtos que usei na foto abaixo.

Na sexta comi comida de boteco <3 em casa vendo o final de Amor a Vida. Não foi o caso, mas adoro ver final de novela mesmo que não tenha acompanhado. hahaha
No sábado eu comi em casa também, o que significa que eu não usei maquiagem novamente e reafirmei meu ódio a todo esse calor. 
Sempre me arrependo no Carnaval, mas a verdade é essa… #nãofizprojetoverão
No domingo fui em outro aniversário e  fiz uma maquiagem bobinha nos olhos e uma boca pink (usei esse batom aqui). Comi como se não houvesse biquini, Sabrina Sato e Carnaval e meu batom chegou em casa bem presente, e sem eu ter reaplicado. VIDA!

A foto é tosca e da câmera frontal do celular, mas dá pra perceber que a cor tá presente, né? 
Por último a reflexão que ficou desse final de semana é: só use base se tiver certeza que não vai derreter. Caso contrário, disfarce com um corretivo aqui e ali, mas não tente passar massa corrida no rosto… porque vai derreter e vai ficar TRISTE. 
————————————————————————————————————

Adivinha quem não se preocupou na montación no final de semana? EUUU. Hahaha E estou aqui novamente não deixando a tag morrer, não deixando a tag acabar, que o blog é feito de tag, de tag pra gente clicar. :p

Sexta minha mãe chegou de viagem, fui buscá-la no aeroporto e preciso comentar que estou COM PENA das pessoas que precisarão usar o Galeão no período da copa. Eles deveriam colocar uma placa “Estrutura e organização: Não trabalhamos”. Depois fui curtir uma piscininha. Ao invés de postar a foto da maquiagem que fiz as 6h da manhã, tirei essa:
BUUH
Cabelo desgrenhado e olheiras como se não houvesse amanhã e fica a reflexão: maquiagem é uma das coisas mais legais do mundo, mas não vale ficar com neura se tiver na piscina, na praia ou pra ir na padaria. 😀
No sábado passei o dia batendo perna e sentindo calor. Nada de maquiagem e nem de fotos. Só usei protetor e corretivo nas olheiras. Alias, spoiler… amanhã solto o post da paleta da Pausa para Feminices. A noite fizemos a limpa na ArtPão (padaria e confeitaria de Nova Iguaçu, Mesquita e Barra da Tijuca) eu amooo os salgadinhos de lá. #nãofizprojetoverão e também não tem foto de comida. FOI MAL. hahaha
No domingo voltei ao Galeão (tô habitué de aeroporto) pra levar umas primas que estavam passando as férias no Rio. O sol desse estado é tão forte que as meninas trocaram de cor.
Amanhã entra o post da paleta que estou terminando de editar as fotos! 🙂
————————————————————————————————————

Tentei botar fé na tag “ontem fui assim”, mas não consigo – pelo menos por enquanto – esqueço de tirar foto dos momentos, esqueço de fotografar os produtos que usei, de tirar foto na frente do espelho com o ‘look’ (hahaha), dos lugares que fui, sou relapsa demais nos finais de semana. 
E para mim isso é bom e ruim: bom porque vejo que minha alma ainda tem salvação e ruim porquê a tag não tem conteúdo. Um dia eu aprendo.

Aprendi outras coisas legais no sábado também.

1. Quanto mais pé sujo o lugar é, mas divertido ele pode ser. hahaha

2. Amores e amigos só ficam melhores com o tempo

3. Que o editor de imagem do meu celular tem uns filtros milagrosos!

4. E que ri de si mesmo – e do conduíte tigre – é sempre uma boa ideia.

No domingo fui ao shopping/cinema. Poderia ter tirado foto dos produtos e da maquiagem “tenho essa cara de saudável quando acordo”, mas, claro, esqueci. :p

Mas o mais legal pro blog nesse final de semana foi que usei bastante a paleta de corretivos da Pausa Para Feminices.  No calor de rachar, com bases diferentes, para ir pro bar, para ir no cinema e até para ficar em casa. Tô até pensando em fazer a primeira resenha em vídeo do blog. Postei assim que recebi na fanpage (curte lá). 
Todas as fotos de ótima qualidade (cof, cof) são do instagram @may_barbosa. Foi mal pela qualidade. 😀
————————————————————————————————————